este é o meu bloco de notas numa aventura asiática

segunda-feira, março 21, 2005

hotel cápsula



Um hotel cápsula tem, como o nome indica os quartos em cápsulas. A cada cliente é atribuída uma cápsula com cerca de 2,5 m de comprimento, 1m de largura e 1m de altura. Tem televisão, rádio, despertador, um futonzito no chão e um edredon e fecha com um cortinado.
A ideia é fornecer um sítio barato e eficiente para quem perdeu o último comboio. Foi num Hotel Cápsula que me foi negada pela primeira vez entrada num sítio por ser mulher. “Men Only” disse o recepcionista. Escandaloso.
Mesmo no outro que depois achámos para os homens havia sauna, jacuzzi e o-furo e para as gajas um chuveirito miserável. Faz sentido, se se é mulher no Japão está-se em casa a cuidar dos miúdos, não se anda a perder últimos comboios...

1 Comments:

Anonymous Ricardo Ucha said...

Esta deve ser uma daquelas invenções tipicamente de Japonês para Japonês. É que só faz sentido no Japão!
Onde é que noutro lado este hotel cápsula poderia ser um êxito? Na Europa, o normal é dormir na estação de comboios, ou no aeroporto, ou numa pensão reles de circunstância. Nos Estados Unidos, num motel qualquer à beira da estrada. Em África, ao relento num terraço qualquer! Mas no Japão não!
É mesmo outro mundo!

6:22 da tarde

 

Enviar um comentário

<< Home