este é o meu bloco de notas numa aventura asiática

sexta-feira, março 04, 2005

o Japão Bonito

Um comentario anónimo a reinvindicar o Japão Bonito fez-me pensar que realmente há um tempo que não o vejo... Esse Japão que se idealiza na Europa, com os templos e os samurais a lutar cheios de honra e dignidade e toda a filosofia zen a passear no jardim como se não houvesse tempo no mundo...
Há muito que não vejo esse Japão, se alguma vez o vi...
Em Tokyo sinto-me cada vez menos no Japão, nesse Japão idealizado, mas sinto que é aqui que acontecem as coisas, é aqui que há arte, arquitectura e política. É aqui que é mesmo o centro do País e provavelmente num país em recessão (só porque dizem, porque eu não vejo nada... nas 543676 louis vuitton espalhadas pela cidade) o único centro activo do país. Ou seja aqui sinto-me no Japão dos Tamagochi, da tecnologia, da arquitectura contemporânea fantástica (mas são só lojas ou museus...), dos teenagers freaks com roupas que exigem muito da imaginação, das school-girls com as mini-mini-saias, da manga erótica lida no metro, dos bares de hostess...
Agora o Japão Bonito e Idealizado... tenho de ir à procura dele.
Mas vá, para o sossegar caro leitor anónimo já tenho um livro de origami, depois mando fotos das minhas habilidades. E melhor ainda, em busca desse Japão Bonito, da arquitectura de madeira, janelas de papel e jardins de pedra vou voltar a Kyoto amanhã. Prometo vir inundada de Beleza para partilhar.

9 Comments:

Anonymous jp said...

Embora grande parte da cidade de Toquio tenha sido destruida durante a segunda guerra mundial, ainda existem alguns bairros com pequenos templos e edificios construidos no periodo edo. Yanaka, Sendagi e Nezu sao talvez os tres mais conhecidos...talvez por estarem muito proximos. Alias ha quem os chame por um so nome Yanesen: Ya (Yanaka) Ne (Nezu) Sen (Sendagi).

2:58 da tarde

 
Anonymous O Anónimo said...

Sim, talvez seja difícil encontrar em Tóquio vestígios do Japão tradicional. É sobretudo fora das cidades que se pode encontrar arquitectura tradicional.
Mas contemporaneidade não é sinónimo de fealdade! E aquele conjunto de viadutos, sem dúvida que contemporâneos, transborda insensibilidade e falta de preocupação estética, por muito relativo que isso possa ser!
É só por agora, espero que o agasalho e o saké sejam suficientes para suportar a vaga de frio que desabou por aí!

Nota: Nezu parece bonito, jp!

7:15 da tarde

 
Anonymous Joana said...

Gosto de te ver mais animadita, sim senhora!!! Isso dos países "bonitos" tem muito que se lhe diga. Só da 3ª vez q estive em Paris é que me senti próxima da beleza de que todos falavam... Quero mais fotos de tudo o que tu falas (Prada, Kenzo, Louis Vuitton... é a minha cara...)!!! E por favor, diz-me q aí no Japão tu e o João não andam a ter discussões de arquitecta vs engenheiro... Coitada da Rosa... Beijoas p os tugas...

6:26 da tarde

 
Anonymous Joana said...

Só um aparte: espero que t tornes croma em origami. Quero que me ensines... E olha que a tarefa +e difícil com as "mãozinhas" que Deus me deu...

6:27 da tarde

 
Anonymous Um Anónimo prestes a deixar de o ser said...

Claro que nada substitui a companhia de uma amiga mas, para quem estiver interessado, estes sites são uma excelente iniciação ao mundo do origami!
http://www.origami.com/
http://www.paperfolding.com/
http://www.oriland.com/

4:41 da tarde

 
Anonymous Inês chan said...

Um beijinho para ti e outro para os embaixadores!!! :)

10:00 da manhã

 
Anonymous Ines chan said...

Um beijinho para ti e outro para os embaixadores!!! :)

10:00 da manhã

 
Anonymous Ines chan said...

Um beijinho para ti e outro para os embaixadores!!! :)

10:00 da manhã

 
Blogger carlos paulo said...

onde andas??? hein?? já estava habituado a ler as tuas peripécias pelo oriente e tu...desapareces...

5:37 da tarde

 

Enviar um comentário

<< Home