este é o meu bloco de notas numa aventura asiática

segunda-feira, março 21, 2005

hiroshima



Em Hiroshima nem se percebe que alguma vez ali caiu uma bomba atómica. É à primeira vista uma cidade igual a tantas outras no Japão, com os seus prédios nem mais novos nem mais velhos (em média um edifíco no japão tem 30 anos).
Até que se entra no A-Bomb Museum e é impossível ficar passivo ao assistir à história duma violência brutal.
O museu é bastante interessante, está cheio de informação técnica sobre a bomba e os seus efeitos, história dos testes nucleares e todos os momentos que antecederam o fatal lançamento. Não está cheio de imagens de horror, embora, na parte sobre o dia do lançamento e nos efeitos da bomba, eu já entrasse a medo em cada sala porque há imagens que depois de vistas nunca se esquecem. Sem tom de revolta, o museu transmite acima de tudo uma mensagem de esperança, para que nada daquilo volte a acontecer. E enquanto houver uma arma nuclear no mundo nunca teremos paz.
Tanto o edifício do museu como o parque são do Kenzo Tange.

1 Comments:

Anonymous Ricardo Ucha said...

É bastante difícil ter a noção do grau de destruição que uma bomba nuclear pode produzir, está fora de tudo o que é frequente no dia a dia de qualquer pessoa.
Ainda bem que há sítios que lembram que certas coisas não devem acontecer!

5:58 da tarde

 

Enviar um comentário

<< Home